4 dicas para comprar um empreendimento que é pré-lançamento

Compartilhe

O mercado imobiliário está otimista para 2018 devido aos sinais de recuperação econômica que influenciam no poder de compra do consumidor final. As sucessivas reduções na taxa básica de juros (SELIC) feitas em 2017 resultaram no financiamento de imóveis com dois pontos percentuais mais baratos. Assim, comprar um empreendimento está novamente nos planos das famílias neste ano e as construtoras estão de olho para acompanhar o ritmo.

comprar um empreendimento que é pré lançamentoAs equipes de planejamento de novos projetos de construção estão com mais demanda e em Chapecó, por exemplo, já tem vários empreendimentos previstos para serem lançados no final deste ou no começo do próximo ano. E para medir o interesse e receptividade do público, muitas empreiteiras apostam no pré-lançamento. Nesta etapa, a construtora apresenta seu projeto, mas não pode efetuar nenhuma venda.

Entenda como funciona o pré-lançamento e como aproveitar esta oportunidade:

1 — Não confunda lançamento com pré-lançamento

A confusão entre as duas etapas é muito comum e quem está interessado em comprar um empreendimento deve ficar atento. No pré-lançamento, a empresa já tem o local definido para a construção do seu novo projeto, mas os documentos e alvarás junto aos órgãos municipais estão em fase de liberação, ou seja, ainda não estão aprovados.

Os corretores, então, aproveitam o momento para mostrar o conceito e desenhos iniciais do empreendimento, verificar a aceitação do público quanto a planta e valores e fazer um pré-cadastro de futuros compradores. No entanto, ainda não estão autorizados a efetuar nenhuma venda ou pedir qualquer quantia em dinheiro para reserva, de acordo com a Lei das Incorporações.

Assim que o empreendimento estiver com toda a documentação liberada e com o Registro de Incorporação devidamente emitido no cartório, a construtora pode divulgar o projeto como lançamento e começar as vendas na planta. Neste momento, os corretores irão oferecer o imóvel com prioridade para aqueles que demonstraram interesse na etapa anterior.

2 — Esteja ciente que pode haver modificações na planta

Na etapa de pré-lançamento há diversas restrições legais para divulgação projeto, pois ainda não há o Registro de Incorporação. Este documento descreve todas as características construtivas do imóvel como detalhes da planta, áreas privativas, número e disposição das vagas e garagem, áreas de lazer disponíveis, entre outras. Sem ele, não é permitido a ampla propaganda dos detalhes do imóvel, uma vez que não são definitivos.

Os corretores aproveitam o pré-lançamento para medir a receptividade de quem quer comprar um empreendimento e, se acharem pertinente, podem modificar a planta. Portanto, não há garantia que o imóvel a ser vendido terá as mesmas características de quando foi realizado o pré-cadastro. Aliás, não há sequer a certeza que a construção será realizada.

3 — Pesquise sobre a construtora

Quando uma pessoa decide comprar um empreendimento é normal criar expectativas sobre seu novo imóvel. Após fazer seu cadastro no momento de pré-lançamento, aproveite que não foi feito nenhum compromisso oficial com a empresa para pesquisar mais a fundo sobre a construtora. Pesquise sobre sua idoneidade, visite outros imóveis feitos por ela e veja se há muitas queixas no Procon ou Reclame Aqui.

4 — Pense se comprar um empreendimento em pré-lançamento é vantajoso para você

Antes de se comprometer e criar expectativas sobre o imóvel nesta etapa de construção, faça uma avaliação sobre seus planos imediatos e futuros. Comprar um empreendimento em pré-lançamento é indicado para aqueles que querem um investimento a longo prazo, uma vez que não há previsão concreta de quando será entregue. Assim, se planeja mudar de cidade em pouco tempo ou precisará do imóvel com rapidez, esta não é a melhor opção de compra.

O blog Dicas do Clube traz semanalmente artigos imobiliários para te ajudar a fazer o melhor investimento!

Leia também:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *